Magia Enochiana

Magia Enochiana
0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Twitter 0 Email -- 0 Flares ×

Magia Enochiana ou Enoquiana é um sistema de magia cerimonial desenvolvido por Dr. John Dee e pelo vidente Sir Edward Kelley no século XVI. Através de um sessão de vidência numa bola de cristal, os dois estabeleceram comunicação com supostos anjos, que lhes passaram um tipo de linguagem nativa dessas entidades.

Essa “linguagem” (um verdadeiro idioma com regras próprias de gramática) era composta por um alfabeto de 21 letras, 19 invocações e conhecimentos ocultos. Segundo a história, as palavras possuem um poder tão grande ao serem pronunciadas, que foram transmitidas de trás para frente.

Dee e Keley alegavam que sua informação era entregue a eles diretamente por um anjo. Então desenvolveram a escrita Enochiana e a tabela de correspondências que vinha com ela. É dito que esses escritos contém os segredos do livro apócrifo de Enoque.

A magia Enochiana é um sistema de teurgia, ou magia angélica, psiquicamente transmitida ao alquimista e vidente elizabeteano Edward Kelley, por um grupo de espíritos que veio a ser chamado de anjos enochianos. Durante os anos de 1582 a 1587 os espíritos ditaram diversas partes dessa magia a Kelley, ou apresentaram-na na forma de visões, enquanto Kelley olhava fixamente para a bola de cristal.

Kelley repetia as palavras dos espíritos e descrevia as visões para seu amigo e empregador, o grande matemático, geógrafo e astrólogo Dr. John Dee. Este sentava-se ao lado de Kelley durante as sessões em que fixava a bola de cristal, com uma pena em sua mão e papéis espalhados à sua frente. Tudo o que Kelley dizia, Dee literalmente registrava. Graças aos métodos meticulosos de Dee, as comunicações dos espíritos foram preservadas com a exatidão de uma transcrição de um tribunal.

Os anjos identificaram-se a Kelley como os mesmos anjos que instruíram Enoch na linguagem angélica e sabedoria de Deus. Enoch foi o único patriarca do Antigo Testamento a ser elevado aos céus enquanto ainda estava vivo – pelo menos, essa foi a interpretação dos rabinos e cabalistas judeus do Gênesis 5:24: “E Enoch caminhou com Deus: e ele não estava, pois Deus o levou”. Diz-se também que Enoch foi o primeiro homem a receber o conhecimento da Qbalah.

Dee sentia-se como um escolhido de Deus, enquanto Kelley tinha a forte idéia de que eram meras marionetes dos anjos, que ele preferia crer que fossem demônios. Os anjos precisavam da ajuda dos dois pois não podiam abrir os portais do lado externo, pois abrí-los requer o uso de evocação (invocação). Isso não está nos poderes dos anjos, como o anjo Ave disse a Dee:

Ave: A invocação origina-se da boa vontade do homem, e o calor e fervor do espírito: e, portanto, a prece tem este efeito com Deus.

Dee: Suplicamos, devemos utilizar uma forma (de invocação) para todas?

Ave: Cada uma de diversas formas.

Dee: Quer dizer eu misturar, decretar ou induzir diversas formas.

Ave: Não sei, pois não habito na alma do homem.

O magista inglês Aleister Crowley fez uso do sistema enochiano para a invocação dos 30Aethyrs do seu Liber 418, e também dizia ser reencarnação de Kelley. A própria Golden Dawn (Ordem a qual fez parte) utilizava muito essa forma de magia.

A Magia Enochiana pode ajudar bastante em sua vida amorosa e espiritual.

Para saber o que ela (Magia Enochiana) pode fazer por você agende uma consulta gratuita e se surpreenda com os resultados.

Faça já sua consulta online gratuita

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Twitter 0 Email -- 0 Flares ×

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Twitter 0 Email -- 0 Flares ×